A estreia de "Batman v Superman" foi adiantada!

O filme estreará antes do previsto. Além disso, outros filmes da DC podem ser anunciados.

O anúncio ia ser feito na Comic-Con de San Diego, mas não aconteceu. A Warner Bros. Decidiu adiá-lo alguns dias e, nesta quarta-feira, foi confirmada que a estreia de "Batman v Superman: Dawn of Justice" vai acontecer dois meses antes. Segundo comunicado, o filme reunirá pela primeira vez no cinema o protetor de Gotham City e o kryptoniano e estreará dia 25 de março de 2016; e não em 6 de maio como foi anunciado.  

Mas esta não é a única novidade no universo cinematográfico dos super-heróis da DC. Vários veículos de comunicação dos Estados Unidos, com base a informações que circularam em Hollywood, disseram que o estúdio irá produzir uma série de longas-metragens.  As possíveis datas seriam: 5 de agosto 2016, 23 de junho e 11 de novembro de 2017, 23 de março e 27 de julho de 2018, 5 de abril e 14 de junho de 2019, e 3 de abril e 19 de junho de 2020.

Anteriormente, o comentário era que depois de "Batman v Superman" seria a vez de "Shazam" (em julho), e no Natal estrearia "The Sandman", com a chance de Joseph Gordon-Levitt no papel principal.  Depois, em maio de 2017, "Justice League" (com elenco a definir) encararia os piores males existentes, seguido por "Wonder Woman", e em dezembro seria a vez de Flash e Green Lantern como una dupla imbatível. Finalmente, em 2018, "O Homem de Aço 2" (Man of Steel 2) finalizando a lista.

Lembrando que o filme é dirigido por Zack Snyder e escrito por  Chris Terrio e conta com Henry Cavill na pele do Superman, Ben Affleck interpretando Batman e a bela Gal Gadot no papel da Mulher Maravilha. Também fazem parte do elenco Eisenberg (Lex Luthor), Amy Adams (Lois Lane),  Laurence Fishburne (Perry White), Jeremy Irons (Alfred Pennyworth),  Diane Lane (Martha Kent), Holly Hunter, Tao Okamoto, Scoot McNairy, Callan Mulvey, Dan Amboyer, e, possivelmente, Ray Fisher e Jason Momoa como Cyborg e Aquaman, respectivamente.

Dado TNT: Circulou a notícia meses atrás de que Emily Blunt poderia ser a próxima Catwoman.
por Alejandro Cusa