A Marvel quer mais diretoras mulheres em seu Universo

No futuro poderiam dirigir a metade dos filmes

A produtora da Marvel Studios, Victoria Alonso, espera que mais diretoras mulheres trabalhem no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) nos próximos anos. Em uma entrevista ao The Hollywood Reporter, deixou claro que não só será em breve, mas que espera que sejam várias. "É assim, queremos a melhor pessoa para o trabalho. Não acho justo que o filme diga 'esse deve ser dirigido por um homem' ou 'deve ser dirigido por uma mulher', acho que tem que haver uma busca consciente pelo melhor candidato e, felizmente, à medida que avançamos será meio a meio", declarou.

Alonso trabalha na Marvel Studios desde 2006 e conseguiu ser uma das peças-chave da empresa. No entanto, conseguiu acompanhada de pouquíssimas mulheres em sua equipe, situação que espera que mude. Trabalhando no mundo dos efeitos especiais por muito tempo, ela era uma das poucas mulheres no set. Estava só acompanhada por maquiadoras, cabelereiras e figurinistas. "Não me orgulho. Não me sinto poderosa por estar sozinha. Estou feliz de sustentar a bandeira, mas não quero estar ali sozinha. Quero ser a primeira de muitas, não a primeira e única", acrescentou na entrevista.

Logo chegará Captain Marvel com Anna Boden ocupando pela primeira vez o papel de diretora em um filme do MCU, embora co-dirigindo com Ryan Fleck. Além disso, essa será o primeiro filme protagonizado totalmente por uma mulher, papel a cargo de Brie Larson. Talvez o filme que poderia ser dirigindo só por mulheres seja o esperado filme solo de Black Widow. Ainda que, no futuro, as mulheres possam dirigir outras franquias e não apenas filmes protagonizados por mulheres.  

Está chegando uma nova era em Hollywood, uma que permite maior diversidade de vozes na indústria do cinema. Os estúdios estão mais atentos do que nunca a introduzir mulheres e pessoas de cor atrás e diante das câmeras. Isso não afeta apenas os pequenos filmes independentes, como também as grandes produções. Só de ver o que Wonder Woman ou Black Panther alcançaram na bilheteria, como na crítica e no público, é fácil entender que esses movimentos não são exceções.


por TNT
Tags marvel