A versão feminina de "Ocean's Eleven" tem sua protagonista

Sandra Bullock vai liderar o elenco do reboot

Quando pensamos naquela saga do inicio do século XXI liderada pela dupla explosiva de George Clooney e Brad Pitt, é quase impossível que apareça uma imagem feminina como referencia da historia. Por isso, a noticia sobre o reboot de "Onze Homens e um Segredo" vem com um ingrediente muito especial: a trama será conduzida por um grupo de trapaceiras que estará encabeçada pela cada vez mais valorizada Sandra Bullock. Outra confirmação sobre o filme é que a direção estará a cargo do cobiçado Gary Ross.  

Desta maneira, e embora não existam datas para informar, o criador de "Jogos Vorazes" terá em suas mão o roteiro de Olivia Milch para esta nova farsa. É um mistério se a versão feminina da franquia seguirá as anteriores, haverá uma volta ao passado ou simplesmente iniciará uma nova historia. A verdade é que a atriz de 51 anos terá nas costas a responsabilidade de fazer jus a esse projeto iniciado pelo próprio Clooney, junto a Steven Soderbergh e o recém-falecido Jerry Weintraub.  

O ator que interpretou Danny Ocean na trilogia anterior- lembramos que o primeiro, foi seguido por "Doze Homens e uma Sentença" e "Treze Homens e um Novo Segredo"- poderia fazer uma participação especial que quem sabe ligaria todas as partes. As possibilidades são intermináveis e seria emocionante voltar a vê-lo nesse papel que já vem deixando seu rastro desde os 1960, momento em que lançou o primeiro filme dirigido por Lewis Milestone do qual conhecemos o homônimo remake. Continuamos esperando os nomes que vão acompanhar Bullock com vistas para uma arrecadação como o do filme de 2001: 450 milhões de dólares. Será um objetivo muito ambicioso?
 

Dado TNT: Quem recusou o papel de Danny por questões de cache foi Bruce Willis, depois disse ter se arrependido.
por TNT