Bayona longe de "World War Z 2"

O diretor decidiu abandonar o projeto por falta de tempo

Certamente com grande tristeza, Juan Antonio Bayona (que esperava chegar a Hollywood com a sequencia de "World War Z") tomou a decisão de deixar a cadeira de diretor para um colega que tivesse mais tempo livre. Por isso a Paramount Pictures oficializou a noticia de que o espanhol já não será mais parte da produção que o estúdio visa estrear em junho de 2017, tendo em conta de que a rodagem deveria começar o quanto antes.    

"Devido a compromissos anteriores, Bayona não pode fazer este ano ‘World War Z' e nossa ambição é fazê-lo", reza um comunicado da Paramount que confirma a continuação do longa-metragem protagonizado e produzido por Brad Pitt. No entanto, o mesmo anuncio deixou as portas abertas ao diretor para um futuro próximo: "É um diretor maravilhoso e esperamos poder trabalhar com ele em breve".


Bayona ainda não se manifestou a respeito de sua saída do projeto no qual havia se juntado há apenas um mês atrás. Mas o calendário de estreias da Paramount e as obrigações do diretor não podem coincidir devido ao cineasta esta trabalhando nos últimos detalhes da adaptação de "A Monster Calls" com data de estreia no dia 7 de outubro deste ano.  

O livro de Dennis Kelly aguarda um novo realizador para continuar dirigindo o destino dos zumbis e dos humanos começado em 2013. Quando chegara este nome?

Dado TNT:
"World War Z" arrecadou 540 milhões de dólares em todo o mundo.
por TNT

PUBLICIDADE