Dumbo e seu dublê

O filme em live-action do elefante voador enfrenta grandes desafios

Os filmes em live-action exigem uma grande produção atenta a detalhes. A Disney já tem uma trajetória nesse aspecto e mostrou isso com grandes filmes como "The Jungle Book" ("O Livro da Selva") que fizeram uma passagem bem-sucedida a partir da animação. O trabalho de Tim Burton em "Dumbo" representa um grande desafio, pois um elenco humano numeroso deve interagir com um elefante voador feito com tecnologia CGI.

Para resolver esse problema a Disney desenvolveu dois Dumbo reais para que os atores tenham uma referência no momento de dizer suas falas. Em entrevista com Screenrant, o ator Joseph Gatt explicou: "Temos um Dumbo de tamanho real, lindo. E o temos em duas idades diferentes. Serve para nos dar uma ideia de seu tamanho e sua forma na cena, uma ideia de iluminação e onde vai estar a câmera".

Essa nova versão de "Dumbo" é baseado no filme de animação de 1941. O pequeno elefante nasce em um circo propriedade de Max Medici, interpretado por Danny DeVito. Aos cuidados do veterano de guerra Holt Farrier, interpretado por Colin Farrell, Dumbo se torna uma estrela depois de aprender a voar. Mas, este poder mágico, chama a atenção dos personagens malvados que querem ficar com esse "fenômeno".

"Dumbo" levantará voo nos cinemas dia 28 de março.

por TNT
Tags dumbo