"Dunkirk" uma parte fascinante da história

O filme de Christopher Nolan mergulha no desespero da espera

Em um dos momentos mais cruéis da Segunda Guerra Mundial, centenas de milhares de soldados aliados ficaram presos nas costas da cidade francesa Dunkirk. Com o inimigo nas proximidades, a espera para concretizar um possível resgate se tornou uma odisseia insuportável. A saída parece nunca chegar. Quantos irão morrer na praia?

Fascinado por essa história, o diretor Christopher Nolan embarcou em um projeto incrível para dar conta desse acontecimento da história e sua realização valeu a indicação em oito categorias do Oscar®, entre elas a de "Melhor Filme" e "Melhor Diretor". Mas, fazer o filme foi também uma batalha e, embora vidas não foram perdidas, foi um processo intenso.

Nolan estava tão preso pelos acontecimentos enfrentados por esses soldados diante de um inimigo voraz que decidiu filmar sem roteiro! O diretor estava convencido de que assim os acontecimentos se desenvolveriam com maior naturalidade: "Eu disse, ‘não quero um roteiro. Porque quero apenas mostrar, é quase como se quisesse apenas encená-lo. E filmá-lo'", comentou ao The Hollywood Reporter.

Foi sua esposa Emma Thomas, produtora do filme, que o fez entrar em razões: "Emma me olhou como se eu estivesse louco e foi como 'ok, isso não vai funcionar'". Embora o roteiro tenha sido feito, tem apenas 70 páginas e é o mais rápido dos realizados por Nolan. De fato, o filme tem pouquíssimos diálogos e enredos escassos que complicam a história que já é bastante impressionante!

Outra curiosidade interessante do longa é o tic-tac do relógio que faz com que o tempo pare. Sobre esse sonho em particular, Nolan comentou para Business Insider uma história que mostra como esse filme lhe pareceu pessoal: "Mandei para Hans uma gravação que fiz de um relógio da minha casa com um tic-tac especialmente insistente e começamos a construir a pista a partir desse som".

Essa atenção com a música e o áudio foi valorizada pela Academia. "Dunkirk" compete também nas categorias "Melhor Trilha Sonora", "Melhor Edição de Som" e "Melhor Som". O insistente tic-tac conseguiu construir o suspense e a tensão que coloca o espectador na ponta da cadeira.

Fionn Whitehead, Tom Glynn-Carney, Jack Lowden, Harry Styles, Aneurin Barnard, James D'Arcy, Barry Keoghan, Kenneth Branagh, Cillian Murphy, Mark Rylance e Tom Hardy compõem o poderoso elenco de "Dunkirk". Com críticas excelentes, o filme vai disputar para ficar com uma estatueta, ou mais!

Acompanhe a entrega do Oscar® ao vivo pelo TNT dia 4 de março.


por TNT