É hora de voar com "Lady Bird"

O filme da atriz e cineasta Greta Gerwig toca as fibras sensíveis da Academia

Este ano, a categoria a "Melhor Filme" do Oscar® tem nove produções indicadas, todas únicas e especiais. Uma das surpresas agradáveis da 90ª entrega dos prêmios da Academia é que "Lady Bird", da cineasta Greta Gerwig, foi considerado dentro desta exclusiva categoria que parece unicamente masculina.

Com estilo próprio Gerwig, que vimos em uma infinidade de filmes entre eles "Frances Ha", escreveu e dirigiu a história de Christine "Lady Bird" McPherson, uma adolescente que procura seu caminho e pensa em fazê-lo longe de seu lar. Acompanhada e, muitas vezes, confrontando sua mãe, deverá achar a forma de dizer adeus, lidar com o amor e as pressões de sua família e crescer. Tudo ao mesmo tempo!

Saoirse Ronan é "Lady Bird" e sua maravilhosa interpretação valeu sua terceira indicação como "Melhor Atriz". Fascinada por sua personagem, falou das sensações e sentimentos que o filme explora com The Independent: "Você passa tempo fugindo do que está acostumado... e foge porque pensa que essa é a melhor maneira de se encontrar. E talvez seja".

Quem interpreta sua mãe é Laurie Metcalf que consegue despejar em seu papel todas as ansiedades, medos e desejos que passam por essa mulher que vê sua filha crescer e se afastar. "Saoirse e Laurie são atrizes muito diferentes, mas ambas são fantásticas. São extremamente poderosas e geram empatia, vê-las trabalhar juntas todos os dias foi um verdadeiro deleite", disse Gerwig sobre as protagonistas de seu filme para a Europapress.

"Acho que o lar é uma metáfora muito boa para isso. Passamos muito tempo onde crescemos e quando somos mais jovens, desejamos desesperadamente escapar dali, porque isso é o que representa ser uma criança e a segurança de seus pais. E deve deixá-lo para poder voltar com uma nova perspectiva", sustenta Ronan. E essa é a virtude de "Lady Bird", um filme que emociona ao expor nossas emoções mais intensas.

Kathryn Bigelow quebrou o molde da Academia ganhando um Oscar® como "Melhor Diretora" em 2009 depois de 81 anos nos quais a estatueta foi criada por um homem. Será "Lady Bird" uma nova oportunidade para as mulheres?
por TNT
Tags lady bird