Ellen Page, um exemplo

A atriz revelou ser homossexual. "Estou aqui hoje porque sou gay e porque talvez possa ajudar outras pessoas com minha confissão"

Nas últimas horas, Ellen Page fez um discurso na conferência sobre os direitos dos homossexuais, em Las Vegas, no qual revelou ser gay. Segundo a estrela de "Juno", diante do auditório que a aplaudiu de pé, seu objetivo não era só "tirar um peso das costas", mas ajudar a outras pessoas a ter uma vida mais fácil e com esperança; declaração esta que repercutiu rapidamente no mundo inteiro.

"Estou aqui porque sou gay e porque talvez a minha confissão possa causar um efeito positivo, ajudando outras pessoas a terem uma vida mais fácil e esperançosa. Sinto que tenho a obrigação pessoal e uma responsabilidade social nisto tudo", foram as primeiras palavras da artista canadense de 26 anos visivelmente comovida. Depois, emocionada, acrescentou: "Estou cansada de me esconder. Tenho sofrido durante anos por medo de dizer quem sou. Mas hoje estou aqui com vocês, no outro lado desse medo que me afetou mentalmente e nas minhas relações". 

Depois disto, o Human Rights Campaign, organizador do evento, parabenizou a atriz através das redes sociais pelo imenso passo dado. O cantor Ricky Martin, um dos artistas latinos mais queridos e famosos, publicou na sua conta do Twitter: "Lindo, Ellen Page! Estou muito feliz por você! Está livre!".

Dado TNT: Ellen Page estará em "X-Men: Days of Future Past" interpretando o papel de Kitty Pryde, filme que estreia no dia 24 de maio. 
por Alejandro Cusa
Tags ellen page