Hollywood também se despede da grande Joan Fontaine

A vencedora do Oscar por seu papel em "Suspicion" faleceu aos 96 anos. O cinema chora sua perda

Ontem, o mundo da sétima arte deu adeus à grande Joan Fontaine, ícone do cinema da década de 40 e vencedora do Oscar por "Suspicion". Aos 96 anos, em sua casa em Carmel, Califórnia, morreu uma das últimas damas dos anos dourados de Hollywood e musa de Alfred Hitchcock faleceu; a poucas horas depois de anunciada a morte do genial Peter O'Toole. 

Segundo declarou sua amiga Noel Beutel à imprensa: Caracterizada por sua palidez, traços suaves e olhar penetrante, Joan faleceu "tranquilamente" em sua casa depois de algumas semanas em que sua saúde vinha se deteriorando.  Joan Fontaine soube aproveitar todas as vantagens que a fama lhe deu: "Tive uma ótima vida, não apenas com a atuação. Competi numa carreira internacional com grandes estrelas, pilotei o meu próprio avião e fiz muitas coisas emocionantes", disse uma vez à imprensa.  

Durante toda a sua carreira artística, participou de grandes sucessos e foi indicada ao Oscar três vezes. Através das mãos do "mestre do suspense", conquistou a estatueta dourada; fato que marcou a rivalidade entre ela e sua irmã mais velha, a atriz Olivia de Havilland. Segundo a história, Olivia foi a primeira a tentar a sorte na Meca do cinema, mas foi a caçula que conquistou o prêmio.  

"Minha irmã é um leão, eu sou um tigre. E segundo as leis da selva nunca poderemos ser amigas", reconheceu. Talvez por esta declaração, elas não disputaram apenas o Oscar, mas diversos papéis. De fato, elas chegaram a ponto de cortarem relações. Comenta-se que num evento em que reuniu os premiados no final de década de 70, a organização colocou as duas bem distantes uma da outra.  

Além dessa questão familiar, Joan deixou uma legião de corações partidos. "Meu casamento acaba na hora que escuto a marcha nupcial", disse.  Fontaine, que nasceu no Japão em de 1917, se despede do mundo deixando um grande legado. "September Affair", "Ivanhoe", "Letter from an Unknown Woman", "Jane Eyre"  foram suas obras mais famosas e aplaudidas

Dato TNT: Olivia de Havilland e Joan Fontaine são as únicas irmãs a conquistarem o Oscar.
por Alejandro Cusa