J.K. Rowling pede desculpas pela morte de um personagem

O pedido foi feito através da sua conta no Twitter

A britânica J.K. Rowling é muito ativa nas redes sociais, espaço que usa para anunciar novidades sobre seu mundo mágico e interagir com os fãs. Nesta segunda-feira, ela usou a sua conta no Twitter para pedir desculpas aos seus seguidores pela morte de um dos seus personagens na saga literária iniciada em 1997 e que chegou ao fim em 2007, e foi levada ao cinema.

Através do serviço de microblogging, a autora confessou que "não gostou" de ter matado Remus Lupin: "Mais uma vez é o aniversário da batalha de Hogwarts. Como prometido, peço desculpas por uma morte. Este ano foi Remus Lupin". "Honestamente, gostaria de dizer que não decidi matar Lupin até escrever 'A Ordem da Fénix'. Arthur viveu e por isto Lupin teve que morrer. Sinto muito. Foi algo difícil de fazer. A única vez que meu editor me viu chorar foi pelo destino de Teddy", disse em outro twitte.

No sábado passado, Rowling falou sobre "Harry Potter And The Cursed Child", peça de teatro que segue os passos de Harry Potter e de Albus, seu filho caçula, e disse esperar que a peça seja vista em breve não apenas em Londres, mas em outras cidades do mundo. Foi o que respondeu a um usuário ao ser questionada se a obra seria levada para a França: "Esperamos levar #CursedChild a outros países no momento adequado".

Dado TNT: No ano passado ela se desculpou pela morte de Fred Weasley. 
por Alejandro Cusa