Jared Leto conquistou a estatueta dourada

Como em toda temporada de prêmios, o ator de Louisiana ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante

Nesta noite de domingo, na 86ª Entrega do Oscar transmitida pelo TNT para toda a América Latina, Jared Leto voltou a subir ao palco para erguer a estatueta dourada de Melhor Ator Coadjuvante. Já tinha feito no Globo de Ouro, SAGs, Critics' Choice, Hollywood Film Awards e no Film Independent Spirit Awards. Dessa forma, ele não contrariou a lógica e terminou subindo ao palco do Dolby Theatre por sua brilhante atuação no papel de Rayon no filme "Dallas Buyers Club". 

Ao ouvir seu nome anunciado pela belíssima Anne Hathaway, o vocalista de 30 Seconds to Mars subiu as escadinhas e parou diante do microfone, relembrando que "em 1971 uma adolescente estava grávida do seu segundo filho. Ela tinha abandonado a escola e era mãe solteira, mas conseguiu dar uma boa vida para ela e os filhos. Os incentivou a fazerem algo especial. Ela é minha mãe e está aqui esta noite. Quero dizer: ‘Mãe, te adoro. Obrigado por nos ensinar a sonhar'. Ao meu irmão, obrigado por seu meu melhor amigo. A todos os sonhadores que estão vendo isto no mundo, como Ucrânia e Venezuela, eu quero dizer que estamos aqui e estamos pensando em vocês (...). Isto é para as pessoas que perderam suas vidas pela AIDS. Hoje estou aqui por vocês e com vocês", concluiu. 

O quarentão, que ainda conserva traços de garoto, desbancou os atores Michael Fassbender (12 Years a Slave), Bradley Cooper (American Hustle), Jonah Hill (The Wolf of Wall Street) e o novato Barkhad Abdi (Captain Phillips). Além da sua excelente atuação e transformação física (emagreceu 15 quilos), a Academia resolveu premiá-lo, deixando o ator alemão e seu maior concorrente para trás.  

No "Dallas Buyers Club", longa-metragem dirigido por Jean-Marc Vallée, Leto faz o papel de um jovem homossexual texano, viciado em drogas e consumido pelos vírus da AIDS. A história real, que ficou famosa através de um artigo do The Dallas Morning News em 1992, segue os passos de Ron Woodrof, infectado pelo vírus do HIV e que ajudou vários doentes a terem acesso a medicamentos.  

Dado TNT: A produção do filme tentou rodar com outras duplas de ator/diretor, antes da entrada de Matthew McConaughey no projeto. Foram elas: Brad Pitt e Marc Forster, e Ryan Gosling e Craig Gillespie.
por Alejandro Cusa
Tags oscar oscars