Johnny Storm se tornará um ícone em "O Quarteto Fantástico"

Foi o que disse Simon Kinberg, roteirista do filme, depois da escolha de Michael B. Jordan para o papel

Simon Kinberg, roteirista e produtor de "O Quarteto Fantástico" (The Fantastic Four), que marca o reinício da saga marcado para estrear dia 19 de julho do ano que vem, disse que o próximo Johnny Storm se tornará um ícone. Suas declarações surgem depois de os fãs dos HQs criticarem a escolha do elenco, principalmente a de Michael B. Jordan no papel do super-herói.

"Pensamos no casting e assim decidimos que ator seria melhor para o papel (…). Josh (Trank, o diretor) e eu trabalhamos com Michael em 'Poder sem limites' (Chronicle), e sou fã dele. Sabíamos que ele era o melhor", disse ao The Daily Beast. Ele também disse que já sabiam que a escolha de um ator negro para o papel do Tocha Humana causaria polêmica nos meios de comunicação, algo que "Stan Lee adora". E acrescentou: "Tê-lo no set e vê-lo interpretar é maravilhoso. Acho que ele será o Johnny Storm mais icônico".

Lembrando que o elenco do filme está formado Kate Mara como Sue Storm/The Invisible Woman, Miles Teller no papel de Reed Richards/Mr. Fantastic, Jamie Bell na pele de Ben Grimm/The Thing e Jordan interpretando Johnny Storm/The Human Torch. Além disso, teremos Toby Kebbell (Victor von Doom / Doctor Doom), Tim Blake Nelson (Harvey Elder/ Mole Man) e Reg E. Cathey (Dr. Franklin Storm); entre outros.

Sobre a história, Kinberg disse algumas semanas atrás que será "um filme mais realista e prático que os dois anteriores. O tom seria entre 'Spider-Man' (de Sam Raimi) e 'Cronicle' (…) Os instintos de Josh Trank é ser mais realista e real possível". "Estamos tratando disto como a origem do Quarteto Fantástico, tentando fundamentar a ciência e fazê-la sentir como se fosse possível no nosso mundo", concluiu.

Dado TNT: Os X-Men e O Quarteto Fantástico conviverão em universos separados no cinema.
por Alejandro Cusa