Mantenha a compostura, é o Oscar®!

Os cinco melhores momentos dos artistas que não puderam atuar

Não dá para evitar! O Oscar provoca ansiedade, nervos e frustração, e os indicados morrem por subir as escadas e pegar com todas as forças o famoso premio. Rostos distorcidos, gritos, braços para o alto e até insultos são algumas das reações que normalmente captam as cameras quando anunciam o ganhador.

Estes são os 5 momentos mais memoráveis das reações aos indicados ao Oscar:

1- Uou! Minnie Driver indicada como Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em "Good Will Hunting" de 1997, o filme que colocou Matt Damon e Ben Affleck em Hollywood, se viu muito surpreendida quando anunciaram a vencedora de seu quinteto: Kim Basinger. A ponto de levantar-se para receber a estatueta, não pode conter sua cara de surpresa e espanto diante do anuncio que coroou com um sonoro "UOU!". Emoldurando seu rosto com as mãos ao alto que rapidamente se converteu em aplauso.

2- Exclamações e expressões de raiva, despertou o premio ao Melhor Ator para Adrien Brody em dois dos seus companheiros indicados. Nicholas Cage mudou da angustia para a surpresa com um OH! Que o fez dar voltas em seu assento. Mas Jack Nicholson não pode resistir e não escondeu sua cara de decepção a toda audiência. A felicidade de Brody o levou a improvisar um típico "beijo apaixonado" de Hollywood na surpreendida apresentadora do premio, a tímida Halle Berry, que recebeu o aplauso de todos os presentes.

3- Em 2007 a premiação a Marion Cotillard como Melhor Atriz por "La vie en rose" deixou deslocada a ‘correta' e centrada Cate Blanchett que assumiu seu papel em "Elizabeth: The Golden Age" seria esse que lhe daria a estatueta. O anuncio da vencedora a fez saltar da cadeira, seu rosto era um concerto de gestos: sua boca desenhou um "OH!", as sobrancelhas subiram e suas mãos se elevaram pelo susto, mas que rapidamente se transformaram em um aplauso emocionado.

4- Seu incrível papel em "PulpFiction" foi fantástico, por isto Samuel L. Jackson, mostrou toda sua indignação quando não foi eleito como Melhor Ator Coadjuvante em 1994. A estatueta dourada foi para o inesquecível Martin Landau e seu papel em "Ed Wood". Jackson não pode evitar, e com total decepção largou um insulto as câmeras que gerou mais repercussões e imprensa do que podia imaginar em sua vida.

5- Bill Murray não conseguiu esconder sua cara de decepção em 2004 quando seu companheiro de categoria Sean Penn recebeu o premio de Melhor Ator por "Mystic River". Murray estava indicado por "Lost in Translation", um dos seus primeiros trabalhos como ator em drama. Seu gesto sério e distante contrastou fortemente com as expressões dos outros indicados Jude Law, Ben Kingsley e Johnny Deep.

Dado TNT: Para aliviar a carga dos perdedores, em 1988 se substituiu o famoso "and the winner is.." por "and the oscar goes to.."
por TNT
Tags oscars