Margot Robbie fala sobre a vilã em "I, Tonya"

A atriz protagoniza o filme que revive um dos fatos mais polêmicos do esporte

O mundo da patinação tem uma rainha. Em "I, Tonya" conhecemos Tonya Harding, a dama do gelo, lugar que foi conquistado com grande esforço e dedicação. Mas, a chegada de uma feroz concorrente colocou seu reinado em risco e assim desencadeou um dos eventos mais escandalosos da história do esporte nos Estados Unidos. Tonya passou rapidamente do estrelato a receber o ódio do público e as mídias contribuíram em grande parte para isso.

Pelo menos, é assim que sente Margot Robbie que protagoniza "I, Tonya", o filme que percorre os acontecimentos que rodearam o ataque sofrido pela patinadora Nancy Kerrigan e a ligação de Harding com o fato. Em uma entrevista com Entertainment Weekly a atriz comentou: "Todos lembram com certeza que Harding segurava um bastão de beisebol com o qual atingiu o joelho de Kerringan (...), mas isso simplesmente não aconteceu!".

"Ela se tornou uma vilã pela mídia. Tanto é que as pessoas lembram os fatos de uma maneira totalmente diferente e com absoluta convicção, o que eu acho fascinante", mencionou Robbie. A carreira de Tonya desmoronou por completo depois desses acontecimentos. O filme propõe um novo olhar sobre a história que comoveu os Estados Unidos em 1994. Não perca a estreia de "I, Tonya" dia 8 de dezembro.

por TNT

PUBLICIDADE