Morreu Eli Wallach, o "feio" de "The Good, the Bad and the Ugly"

O ator faleceu aos 98 anos no Brooklyn. Também pode ser lembrado por "O Sete Magníficos" e "A Conquista do Oeste"

Nesta terça-feira Hollywood deu adeus a Eli Wallach, o "feio" do inigualável "Três Homens em Conflito" (The Good, the Bad and the Ugly), dirigido por Sergio Leone nos anos de 1966; filme que marcou o início do  "spaguetti-western" no cinema. O ator faleceu aos 98 anos. Participou de mais de 150 produções, entre cinema e TV, afirmou sua filha Katherine ao New York Times.

A lenda estadunidense nascida no Brooklyn durante a Primeira Guerra Mundial já tinha conquistado o mundo por sua atuação nesse clássico do cinema. Em Hollywood a história contada é que ele lutou pelo papel ao saber que o diretor estava em busca de alguém muito feio para o personagem do bandoleiro, o Tuco. Mas antes, já contava em seu currículo trabalhos como "Os Sete Magníficos" (The Magnificent Seven), "a Conquista do Oeste" (How the west was won), "Sete Ladrões" (Seven Thieves) e "Baby Doll", adaptação pela qual foi indicado ao Globo de Ouro.

Ao longo de sua extensa carreira, Wallach trabalhou ao lado de importantes figuras do cinema, entre eles, Francis Ford Coppola, Marilyn Monroe, Clint Eastwood, Michael Douglas, Al Pacino e Lee Van Cleef. Além disso, ele continuou trabalhando ativamente por vários anos, destacando-se em produções como "Como Roubar Um Milhão de dólares" (How to Steal a Million), "Como salvar um casamento e Arruinar sua Vida" (How to Save a Marriage and Ruin Your Life), a série "Batman" e "O Padrinho III" (The Godfather: Part III). No entanto, ele pediu que no seu epitáfio estivesse escrita a seguinte frase: "O feio morreu". Se for isto o que ele queria... Assim será.  

Dado TNT: "Quando os críticos elogiam o seu trabalho é o mesmo que um carrasco dizendo que seu pescoço é bonito na forca", disse Eli Wallach sobre ao ser reconhecido.
por Alejandro Cusa