O emocionante agradecimento de J.K. Simmons no Globo de Ouro

Ele conquistou o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante e caminha em direção ao Oscar. O que acharam?

Depois do divertido início da 72ª edição do Globo de Ouro, a cargo de Tina Fey e Amy Poehler, que destacaram a Coreia do Norte e seus colegas, chegou o momento de premiar a primeira categoría da noite: Melhor Ator Coadjuvante. No quinteto, as apostas não eram claras e qualquer um dos indicados poderia levar o prêmio entregue pela Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood. Entretanto, foi J.K. Simmon por "Whiplash" o eleito, desbancando Robert Duvall (The Judge), Ethan Hawke (Boyhood), Edward Norton (Birdman) e Mark Ruffalo (Foxcatcher).

Depois de ser anunciado por Jennifer Aniston e Benedict Cumberbatch (futuro Senhor Estranho para os fãs de HQS), ele subiu ao palco do Beverly Hilton Hotel para receber a estatueta das mãos dos seus colegas. "Acho que só tenho 45 segundos para falar, então não falem", brincou, para em seguida agradecer, entre outros, a "minha maravilhosa esposa. Te adoro. Obrigado por todas as coisas que são mais importantes na minha vida, como nossos maravilhosos filhos, e também agradeço minha mãe e meu pai".

"Whiplash", dirigido e escrito por Damien Chazelle, também tem no elenco Miles Teller, Paul Reiser, Melissa Benoist, Austin Stowell, Nate Lang, Chris Mulkey, Damon Gupton e Suanne Spoke; entre outros. O filme conta a história de um jovem baterista que se matricula num conservatório onde seus sonhos de grandeza são guiados por um professor que não se deterá diante de nada para desenvolver o potencial do seu aluno.

Dado TNT: Para a cena do tapa, J.K. Simmons e Miles Teller filmaram várias vezes simulando o gesto, mas a tomada que valeu foi aquela que eles deram o tapa de verdade.
por Alejandro Cusa