O que acontecerá com "Guardians of the Galaxy"?

Chris Pratt falou sobre o futuro de Star-Lord e o Volume 3 da saga

O universo de super-heróis da Marvel tinha alguns personagens interessantes que abalaram o cinema quando chegou algo mais surpreendente: "Guardians of the Galaxy". O primeiro filme lançado em 2014 surpreendeu os fãs com um grupo de protagonistas hilariantes e uma seleção de música que nos fizeram dançar. Em 2017 estreou a segunda parte e repetiu o sucesso. Mas, quando estava tudo pronto para uma terceira entrega a situação mudou de repente.

Com roteiro e direção de James Gunn, "Guardians of the Galaxy" construiu um estilo próprio. Depois que a Disney decidiu demitir o diretor em julho passado, devido a alguns comentários realizados nas redes sociais, o futuro da saga se tornou incerto. Seus protagonistas Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Vin Diesel, Bradley Cooper, entre outros, se manifestaram diante da decisão da empresa, mas a situação é irreversível.

Em uma entrevista com AP, Pratt comentou qual é a posição do elenco e como continua a história: "Não é um momento fácil" sentenciou, "Todos nós amamos James e ele é um bom amigo, mas também adoramos interpretar os Guardiões da Galáxia". E acrescentou: "queremos apenas avançar e fazer o que é certo e ser as melhores pessoas que podemos ser".

"Guardians of the Galaxy" posicionou Pratt dentro da indústria e o aproximou das melhores possibilidades para sua carreira. Os dois filmes da franquia arrecadaram U$ 1.5 bilhões de dólares na bilheteria mundial além de fortalecer a massa de seguidores do universo cinematográfico da Marvel. A terceira entrega é esperada para 2020. A Disney continuaria com o roteiro criado por Gunn, mas com um novo diretor responsável. Quem poderia assumir o cargo?

por TNT