O que levou Cranston a fazer parte de "Power Rangers"?

O excelente ator falou sobre sua participação no filme e de seu papel de Zordon

Foi uma das notícias mais surpreendentes do elenco de "Power Rangers", por isso ainda continua respondendo a quem pregunta por que ele aceitou o papel do mentor Zordon. Para Bryan Cranston a decisão não foi simples, mas quando leu o roteiro decidiu que poderia mudar a história: "Eu li e pensei que estavam certo. Os garotos falam e se escutam como garotos e nem todos são superatletas e invencíveis. Pensei: 'Este poderia ser um bom capítulo final para o que eu fiz antes'". 

O que ele fez antes foi trabalhar fazendo vozes em séries animadas junto a Haim Saban, um dos criadores dos Power Rangers e quem decidiu convocar Cranston para o papel. "Pensei, 'Power Rangers? É como o programa televisivo de Batman – Pow! Zing! Whap!'. Tive um telefonema com o diretor e ele disse 'Pense desta forma... assim como Batman veio da televisão e se transformou em um animal diferente nos filmes, será igual aqui. Vamos pegar isso e melhorar e será sensato e real'".

A respeito de seu personagem, Cranston descreveu que Zordon "é um mentor frustrado destes garotos. Não estão avançando como esperava. Alguns não estão levando a sério a responsabilidade que lhes foi dada ou porque foram escolhidos... é quase como ser um treinador. Quer lapidá-los individualmente para que possam crescer como uma equipe".

Lembrando que Dean Israelite dirige este filme protagonizado por Naomi Scott (Kimberly Hart / The Pink Ranger), Becky G. (Trini Kwan / The Yellow Ranger), RJ Cyler (Billy Cranston / The Blue Ranger), Ludi Lin (Zack Taylor / The Black Ranger), Dacre Montgomery (Jason Lee Scott / The Red Ranger) e Elizabeth Banks no papel de Rita Repulsa.

Dado TNT: O filme estreia dia 24 de março.
por TNT