Primeiro trailer de "Captain America: Civil War"!!

Foi lançado horas atrás e mostra Steve Rogers, Tony Stark, Sam Wilson e Bucky Barnes

Quando ninguém esperava, a Marvel resolveu lançar o primeiro trailer de "Capitão América: Guerra Civil" (Captain America: Civil War), filme que abrirá a Fase Três no cinema no dia 6 de maio (dias antes em alguns países da América Latina). Além disso, a "Casa das Ideias" revelou três cartazes de divulgação mostrando o confronto entre Iron Man e o Capitão, sempre com a advertência: "Divididos cairemos".

Neste filme, Steve Rogers será o líder da recém-formada equipe dos Vingadores, no seu esforço contínuo em proteger a humanidade. Mas, quando um incidente os deixar em situação de risco, aumentará a pressão política para instalar um sistema de responsabilidade, liderada pelo órgão do governo, que irá supervisar e coordenar a equipe. O novo status quo divide os super-heróis em duas facções: uma, lidera por Steve e seu desejo de que todos permaneçam livres para defender o mundo sem interferências do governo; e outra, surgida a partir da inesperada decisão de Tony Stark de apoiar a supervisão e a prestação de contas do governo.

Dirigido pelos irmãos Anthony e Joe Russo, o filme conta com Chris Evans (Captain America), Robert Downey Jr. (Tony Stark/Iron Man), Scarlett Johansson (Natasha Romanoff/Black Widow), Sebastian Stan (Bucky Barnes/Winter Soldier), Anthony Mackie (Sam Wilson/Falcon), Paul Bettany (The Vision), Jeremy Renner (Clint Barton/Hawkeye), Don Cheadle (Jim Rhodes/War Machine), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff/Scarlet Witch), Paul Rudd (Scott Lang/Ant-Man) e Tom Holland (Peter Parker / Spider-Man). Também fazem parte do elenco Chadwick Boseman (T'Challa/Black Panther), Emily VanCamp (Sharon Carter/Agent 13), Frank Grillo (Crossbones), William Hurt (General Thaddeus "Thunderbolt" Ross), Daniel Brühl (Baron Zemo) e Martin Freeman; entre outros.

Dado TNT: Meg LeFauve, roteirista de "Captain Marvel", disse que está sendo desenvolvido o primeiro filme da Marvel estrelado por uma heroína.
por Alejandro Cusa