Richard Linklater, o diretor eleito pela imprensa

Foi premiado com um Globo de Ouro e é o favorito ao Oscar

Richard Linklater foi premiado como Melhor Diretor durante a 72ª edição do Globo de Ouro por seu trabalho em "Boyhood", sem dúvida um prêmio para a originalidade. Sendo assim, o texano terminou desbancando Wes Anderson (The Grand Budapest Hotel), Ava Duvernay (Selma), David Fincher (Gone Girl) e Alejandro González Iñárritu (Birdman), além de se colocar como o grande favorito ao Oscar que acontecerá no dia 22 de fevereiro.

"Quero agradecer a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood. Estou aqui segurando isto, mas represento as 450 pessoas da equipe e do elenco que se entregaram de corpo e alma a esta produção durante 12 anos. Foi um filme pessoal para mim e para os que trabalharam nele", disse no palco do Beverly Hilton Hotel ao receber o prêmio das mãos de Harrison Ford. Em seguida, concluiu: "Quero dedicar este prêmio aos meus pais que me deram tanto amor a apoio e aos pais de todos os lugares e as famílias que fazem o melhor que podem".

O filme foi rodado durante 12 anos com o mesmo elenco, é uma história inovadora sobre um menino chamado Mason que, literalmente, cresce diante dos nossos olhos. A trama segue os passos dele desde os seis anos até a adolescência, tempo em que experimenta todo tipo de mudança, obstáculos, casamentos, escola nova, surpresas, amores e desilusões; com um resultado extraordinário que mostra como somos capazes de nos adaptarmos ao imprevistos da vida. 

Dado TNT: Linklater fundou a Sociedade Cinematográfica de Austin em 1985 com Lee Daniels, seu colaborador e também diretor de cinema.
por Alejandro Cusa