Smaug será uma máquina de matar em "O Hobbit 3"

Alguns envolvidos falaram sobre o terceiro filme que recentemente mudou o título para "The Battle of the Five Armies"

No dia 17 de dezembro deste ano chegará às salas de cinema o filme "The Hobbit: The Battle of the Five Armies", última parte da trilogia dirigida por Peter Jackson, diretor responsável pelo sucesso (pelo menos para os fãs) de "O Senhor dos Anéis" (The Lord of the Rings). Nos últimos dias, alguns atores e responsáveis pelo filme conversaram com a imprensa e adiantaram um pouco sobre o que veremos na tela do cinema dentro de alguns meses. 

ATENÇÃO: TNT ADVERTE QUE O QUE VEREMOS A SEGUIR PODE SER UM SPOILER PARA AQUELES QUE NÃO LERAM A OBRA DE J.R.R. TOLKIEN.

Dave Clayton, membro do Weta Digital, empresa encarregada dos efeitos, conversou sobre o filme com os meios de comunicação e disse que "The Desolation of Smaug" tratava mais da personalidade e da paranoia de Smaug, enquanto que "nesta produção o dragão será uma máquina de matar que quer destruir a Cidade do Lago (Esgaroth)". "Vamos começar vendo algo realmente fascinante quando ele tenta destruir o local. Será uma sequência inicial muito emocionante", acrescentou.

Richard Armitage, o ator que interpreta Thorin Oakenshield, disse que a mudança de personalidade do seu personagem já tinha sido apontada no segundo filme. "Ele se tornará bastante irracional, se transformando num ser isolado e consumido pela cobiça. Sua mente é deformada pelo mal do dragão e pelo ouro", comentou o ator e também protagonista de "Into the Storm", produção que estreia em agosto.

Dado TNT: Peter Jackson tinha a ideia de mudar o título da terceira parte desde o ano passado, mas só recebeu a aprovação do estúdio no final de abril.
por Alejandro Cusa