"Three Billboards Outside Ebbing, Missouri" em busca da justiça

O filme de Martin McDonagh está indicado para 7 Oscar®

Uma história tão simples que poderia acontecer com qualquer um. Uma mãe cuja filha foi estuprada e assassinada se encontra com o cínico no qual devem investigar e não conseguem respostas. Com sete indicações aos prêmios da Academia, incluindo Melhor Filme, "Three Billboards Outside Ebbing, Missouri" está posicionado como um dos favoritos por seu roteiro impecável, as interpretações soberbas de seus protagonistas e uma montagem incrível.

Martin McDonagh é o roteirista e diretor deste filme que nasceu, como todas as grandes histórias, de uma situação atual. Quando se encontrava viajando através dos estados do Sul, os cartazes de um homicídio mal resolvido chamaram sua atenção. Isso aconteceu quinze anos depois na história dessa mãe que Frances McDormand compôs de forma excepcional, o que valeu sua indicação ao Oscar® como Melhor Atriz.

Tomada pelos sentimentos mais dolorosos que surgem do brutal ataque em sua filha Ângela e obcecada por justiça, Mildred Hayes se depara com um sistema perverso e um povoado repleto de práticas injustas: Ebbing, Missouri. Em sua corrida desesperada para encontrar os responsáveis, ela encara um impávido poder policial que, longe de apoiá-la, lhe dá as costas.

No entanto, as coisas vão se transformando com o passar do tempo e essas mudanças são sustentadas pelos agentes interpretados magistralmente por Woody Harrelson e Sam Rockwell, ambos competindo na categoria Melhor Ator Coadjuvante.

Quanto ódio pode sentir uma mãe abandonada à sorte? O que pode ser capaz de fazer? Quais enigmas existe por trás de três cartazes simples que clamam pela resolução de uma situação dolorosa? Os diálogos perfeitamente cronometrados, passam pelo humor negro, drama e o thriller com o mesmo sucesso.

Melhor Roteiro Original, Melhor Edição e Melhor Trilha Sonora completam o leque dos indicados para essa obra-prima, tão simples quanto complexa.

por TNT