Vin Diesel: "A morte de Paul foi um dos momentos mais difíceis da minha vida"

Emocionado, o ator relembrou o amigo

Enquanto os fãs de "Velozes e Furiosos" (Fast and Furious) aguardam a estreia do sétimo filme, Vin Diesel voltou a lembrar de Paul Walker, que morreu no ano passado, dia 30 de novembro, num trágico acidente automobilístico. Durante uma entrevista, o ator foi consultado sobre como foi retomar as filmagens, que terminou semanas atrás, e se mostroou visivelmente emocionado. 

No LIVE with Kelly & Michael, o nova-iorquino disse que foi "muito estranho voltar ao set: "Passei a vida inteira atuando e ninguém nunca te ensina como é estar de luto e fingir estar atuando com a pessoa, ao mesmo tempo". Depois da morte do ator, as filmagens só foram retomadas meses depois com os irmãos do ator californiano, Caleb e Cody, substituindo Paul nas cenas que foram modificadas pelo roteiro. 

Além disso, depois de destacar o "sentimento de irmandade" que tinham, ele explicou que a partida de Walker foi um golpe muito duro: "Crescemos juntos, ficamos famosos juntos e fizemos juntos uma grande saga. É muito difícil", concluiu  Diesel, que todos os meses deixava alguma mensagem nas redes sociais ao grande amigo e colega de profissão. 

Dado TNT: O próximo filme de Vin Diesel será "The Last Witch Hunter" y "xXx: The Return of Xander Cage".
por Alejandro Cusa